Pra pensar

estrelas-12.jpg

O céu é um lugar onde todos têm seu par. Tenho acompanhado as idéias do poeta e pensador pernambucano da Paulista.

E eu que chamei o meu professor de céu hoje…

Anúncios

fevereiro 29, 2008. Uncategorized. Deixe um comentário.

Meia hora na Avenida Paulista

avenidapaulista1.jpgTrilha Sonora: Normal ou Anormal? – Miolo di Pão

 Duas meninas de cabelo pink, uma só as pontas e a outra só a franja. Um garoto de no máximo 15 anos com cabelo inteiramente roxo. Um moço de moicano. Um grupo de emos com lápis carregado nos olhos. Uma garota com no mínimo 3 cores no cabelo e cinco comprimentos de corte. 

Uma moça toda de beje com salto 15 vermelho. Um grupo de jovens com calça cargo, all star, camiseta e dread-lock. Um grupo de homens vestindo ternos pretos risca de giz. Uma mulher de dourado da cabeça aos pés. Um “tiozão” com cara de piloto de Harley-Davidson. 

Uma velhinha de cabelo lilás. Duas velhinhas de bengala. Um velhinho de cadeira de rodas, tubo de oxigênio e um sorriso no rosto. Um senhorzinho vendendo cadernos de anotação sempre dizendo “bom dia!”. Um senhor empurrando um carrinho de sorvetes com a placa “Sorvete de graça! Só amanhã!”. 

Um homem sentado no chão com a direta placa “peço esmola”. Um hippie faz colares de miçanga. Outro hippie faz brincos. Uma menina com tiara de anteninhas brilhantes corre na frente da mãe. Um japonesinho empaca teimoso e o pai tenta fazê-lo andar. Um homem escreve em cartolinas vários de seus pensamentos e cola no chão com fita crepe (“O homem só sabe se casou com a mulher certa quando fica desempregado”). 

Três mulheres ao celular passam juntas, fazendo o salto do scarpin bater em ritmo constante. Um homem passa cantando alto, de braços abertos. Um moço com luzes no cabelo passa com jeans e camiseta rosa justa. Uma moça de bermudão e camiseta branca larga passa de mãos dadas com outra. Um casal de velhinhos de óculos escuros andam de braços dados. 

Um mendigo deitado em posição de espreguiçadeira no meio da calçada. Um grupo de adolescentes rindo histericamente. Uma moça no celular gritando “eu não sei como ela consegue fazer essas coisas sem pensar em ninguém!”. Um casal se beijando loucamente e andando ao mesmo tempo. Passa a Mamma Bruschetta. 

É possível que alguém vestindo calça jeans e regata, com rasteirinha e cabelo preso se sinta exceção? Na Avenida Paulista, eu me sinto sempre.

fevereiro 28, 2008. Uncategorized. Deixe um comentário.

Onde Os Sonhos Se Realizam

wishes.jpgTrilha Sonora: Wishes – Disney 

Dia 15 de fevereiro de 2008. 21 horas. Orlando, Flórida. Uma multidão se forma em frente ao Castelo da Cinderela para ver a famosa queima de fogos “Wishes”. Durante a apresentação, os personagens dos diversos filmes da Disney falavam o que mais desejavam no mundo. A Branca de Neve desejava encontrar o príncipe encantado, a Ariel desejava fazer parte de outro mundo, o Alladin desejava a liberdade e o Peter Pan desejava ser criança pra sempre.

Inspirada por todos esses pedidos, eu pensei que é possível reunir quase todos os desejos e realizá-los ali, naquele lugar. Não importa quanto tempo você vai passar, que seja apenas um dia. Você pode ser criança pra sempre lá, pode se divertir quanto tempo quiser caindo na Splash Mountain, emocionando-se no Soarin’, gritando sem parar na Rock’n’Roller e na montanha russa do Everest. Isso sem falar em todos os outros parques fora do complexo Disney. Na verdade, o que realmente vale a pena não é quantas vezes você vai em cada atração ou quantas vezes você vai para os Estados Unidos. Inclusive você pode até imaginar que está lá. O que nós todos devemos fazer é aproveitar cada minuto do que fazemos. Assim nós nunca deixaremos de ser crianças.

A Pequena Sereia quer outro mundo? Muito bem. Aqui existe um outro mundo. E se juntarmos com o pedido do Alladin, podemos juntar liberdade. Crianças são livres para encontrar todas as suas princesas, os adultos podem brincar sem ter vergonha nenhuma e todo mundo pode encontrar a felicidade lá.

Agora, e o príncipe encatado? Bom, Walt Disney não pode dar um Príncipe Felipe ou um Eric para todas as garotas que os desejam. Mas se você não se importar em fazer uma pequena fila e tirar uma foto com o Mickey, o Pateta e o Pato Donald você pode até chamá-los de príncipes. Não é mesmo?

fevereiro 23, 2008. Uncategorized. 1 comentário.

“In other words…hold my hand”

crescer.jpgTrilha Sonora: Fly me to the moon – Frank Sinatra

 “Você tem que saber o que quer da vida. Você tem que estudar. Você tem que fazer uma faculdade. Você tem que procurar um emprego. Você tem que ganhar bem. Você tem que conhecer os seus direitos. Você tem que pensar em imposto. Você tem que pagar contas. Você tem que se sustentar. 

Você tem que pensar no futuro. Você tem que ter mais responsabilidades. Você tem que saber lidar com banco. Você tem que saber controlar despesas. Você tem que saber fazer compras. Você tem que aprender a cozinhar. Você tem que aprender a comer direito. 

Você tem que cuidar mais do seu corpo. Você tem que proteger a sua pele. Você tem que comprar roupas mais formais. Você tem que se acostumar com o salto em rua esburacada. Você tem que confiar nas pessoas. Você tem que desconfiar das pessoas.  

Você tem que arrumar um namorado. Você tem que ficar sozinha. Você tem que dar atenção aos seus pais. Você tem que dar atenção aos seus amigos. Você tem que trabalhar até tarde sem hora-extra. 

Você tem que falar três línguas. Você tem que fazer mais cursos. Você tem que ser criativa. Você tem que saber lidar com dinâmicas de grupo. Você tem que puxar o saco de professores. Você tem que agüentar seus superiores com o mínimo de dignidade. 

Você tem que ter um plano de fuga. Você tem que ter uma válvula de escape. Você tem que conquistar contatos. Você precisa ser legal com quem você não gosta. Você tem que ser legal com pessoas que não gostam de você.  

Você tem que se informar mais. Você tem que esquecer o que são férias. Você tem que pensar em perguntas. Você tem que pensar em respostas. Você tem que pensar em soluções. Você precisa agir.  

Você tem que aceitar as coisas da vida. Você tem que saber que o mundo é cão. Você tem que crescer”. 

Alguém pode dizer pro mundo que eu tenho só 20 anos?? Alguém segura a minha mão? 

– Em tempo: Um amigo me disse que quando for milionário ele vai transmitir via satélite a música “Fly me to the moon” na voz de Sinatra pro mundo todo ouvir. Acho que o mundo ficaria menos cão e mais bonito por um dia, pelo menos. E você, transmitiria o que?

fevereiro 13, 2008. Uncategorized. Deixe um comentário.

Confissões de uma mente perigosa

cerebro-cub.jpgTrilha sonora: Banda Essence – Garota Complicada

 Todo mundo sabe que mulher é complicada. Até mesmo nós, mulheres, entendemos nossas complicações muito bem, mas não entendemos por que elas existem. A cabeça de uma mulher parece ter mais divisões, repartições e cubículos que qualquer órgão burocrático. Na cabeça de uma mulher não tem só uma mulher. Tem duas, três, cinqüenta, ou tantas quantas uma ocasião pode fazer brotar. Com multipersonalidades internas, uma a uma elas vão disputando a reação do momento.  

Que mulher semi/pseudo/parcialmente/totalmente encalhada nunca passou pela seguinte situação: uma amiga chega toda contente e fala “Tá sabendo da novidade? Estou namorando!!”. Pronto. A bomba atômica te dividiu novamente em várias-você. 

Parte amiga sincera – “Aiiiii!!!! Jura????? Conta tudooo! Quem é o sortudo??? Quantos anos tem? Faz o que da vida?? Onde conheceu?? Como ele pediu?? Owwnnnn que foooofo!!!! Tô tão feliz por você!!!!!” 

Parte analítica – “Mas ela podia ter arrumado um melhor, heim? Ah, e ela sempre disse que não queria namorar. Será que vai durar?” 

Parte novela mexicana – “Poxa… mais uma amiga namorando. Por que eu não arrumo um namorado? O que eu tenho de errado?? (lágrimas) Ninguém me ama!!! Eu vou ficar pra titia!! (soluços) Meu Deeeeus, o que eu fiz pra merecer isso??? Eu…só…só…nhamornenapufosmanh…!!”(com a voz bloqueada pelo debulhamento em lágrimas, nem você entende mais o que quer falar) 

Parte terapia – “Só eu não arrumo namorado! Ninguém me escolhe!! Isso tá parecendo a quarta série, quando ninguém me queria no time de queimada e eu era a última a ser escolhida! Que tristeza!! Acho que isso é reflexo do jardim da infância, quando..” 

Parte decidida – “Eu só não tenho namorado porque eu me acomodei. Mas ahh eu vou começar a sair mais. E a me arrumar mais! Vou pintar o cabelo, comprar um vestido lindo! Vou malhar, perder 10 quilos, ser mais sexy em tudo! Me esperem, garotos!” 

Parte feminista – “Homens. Porcos, machistas, acomodados, insensíveis e cafajestes. Quem precisa de um? Estou muito bem sozinha. Não estamos mais no século passado pra achar que mulher precisa de homem. Nem pra fazer filho. Se eu quiser, eu procuro uma clínica de inseminação artificial. Ou adoto. Isso mesmo. Vou querer homem pra quê? Pra ele pensar que eu sou uma empregada? Vou é pensar no meu trabalho que é mais importante. Homens ¬¬” 

Você, cara leitora, pode até dizer “ah, não é bem assim…” Ora, pode dizer a verdade, estamos entre amigas. Pode aparecer uma parte, duas, pode aparecer outra diferente. Mas cá entre nós, uma parte sempre³ dá um tchauzinho ali no fundo, aquela que diz sorrindo:

“E ele tem algum amigo bonito e solteiro???”

     

fevereiro 9, 2008. Uncategorized. 2 comentários.